A atual crise sanitária que enfrentamos, causada pelo SARS-CoV-2, trouxe questionamentos acerca da possibilidade de contaminação dos consumidores pelo manuseio de embalagens para alimentos. Neste evento vamos falar sobre a viabilidade do vírus em diferentes superfícies, como plástico, papelão ondulado, vidro, entre outras, bem como as pressões sobre o design das embalagens pós-pandemia e algumas das tendências deste mercado. Serão abordados também os aspectos da sustentabilidade afetados pela pandemia, como a pressão por parte dos consumidores pelo afrouxamento de medidas restritivas de plásticos de uso único e a interrupção da cadeia de reciclagem durante o período de isolamento social. Participe do nosso webinar e tire essas e outras dúvidas no decorrer do evento.


Programa

17h00

Viabilidade do SARS-CoV-2 em superfícies inanimadas, tendências do mercado de embalagens pós-Covid-19 e pressão sobre o design das embalagens

17h30

Perguntas

17h35

Considerações sobre sustentabilidade x Covid-19, como pressão dos consumidores para o afrouxamento das medidas restritivas para plásticos de uso único e a reciclagem durante a pandemia

17h55

Perguntas

18h00

Encerramento

 
 

Plataforma Zoom

Vagas limitadas!!

Mais informações

Contate:
Marcela Santos
(19) 3743-1900
 | (19) 99691-4320 (whatsapp)
eventos.cetea@ital.sp.gov.br


Palestrantes

             

 

Gustavo Moraes

Mestre em Química com área de concentração em Química Analítica e Bacharel em Química com ênfase em Química Tecnológica pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar). Pesquisador colaborador do Centro de Tecnologia de Embalagem - Cetea, do Instituto de Tecnologia de Alimentos - Ital desde 2019, com atuação em linhas de pesquisa voltadas para a identificação de materiais poliméricos, avaliação da cura de vernizes aplicados em embalagens metálicas para bebidas e reciclabilidade de papel.

 

Leda Coltro

Doutora e Mestre em Físico-Química, com especialização na área de polímeros e Bacharel em Química pelo Instituto de Química da Unicamp. Pesquisadora do Centro de Tecnologia de Embalagem – Cetea, do Instituto de Tecnologia de Alimentos – Ital desde 1994, com atuação em linhas de pesquisa envolvendo estudos de Avaliação do Ciclo de Vida - ACV de embalagens, alimentos, energia, transporte e produtos, bem como migração de aditivos de embalagens e de materiais plásticos e celulósicos para simulantes de alimentos.


 

 

Patrocínio

 

   

Realização

Apoio