Bolsa JP em Biologia Molecular aplicada à Microbiologia de Alimentos

Área de conhecimento: Microbiologia

Nº do processo FAPESP: 2017/50349-0

Título do projeto: Plano de Desenvolvimento Institucional em Pesquisa do ITAL – PDIP/ITAL

Área de atuação: Biologia Molecular aplicada à Microbiologia de Alimentos

Quantidade de vagas: 1

Pesquisador principal: Dra. Renata Bromberg

Unidade/Instituição: Centro de Tecnologia de Carnes / Instituto de Tecnologia de Alimentos

Data limite para inscrições: 20/10/2018

Publicado em: 17/09/2018

Localização: Av. Brasil, 2880, Campinas

E-mail para inscrições: eaip.ital@ital.sp.gov.br

Resumo

O Instituto de Tecnologia de Alimentos (ITAL) abre inscrições para seleção de candidatos a uma Bolsa de Jovem Pesquisador (JP) na área de Biologia Molecular aplicada à Microbiologia de Alimentos. O JP deverá desenvolver projeto de pesquisa para ampliação da atuação do Instituto na área de Segurança e Saudabilidade de Alimentos. O projeto de pesquisa deverá se enquadrar no tema “Caracterização da diversidade bacteriana e avaliação quantitativa de risco de Listeria monocytogenes em produtos cárneos curados e cozidos produzidos no Brasil”.

A bolsa, com duração de 24 meses será financiada pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP) e vinculada ao Plano de Desenvolvimento Institucional em Pesquisa (PDIP - Processo: 2017/50349-0). O candidato selecionado receberá uma Bolsa Jovem Pesquisador da FAPESP no valor de R$ 8.152,20 mensais e isenta de imposto de renda. O projeto Jovem Pesquisador selecionado, após apresentação à FAPESP e revisado por pares, poderá receber um Auxílio à Pesquisa, conforme descrito em http://www.fapesp.br/4521

1. Descrição da instituição

O Instituto de Tecnologia de Alimentos (ITAL), vinculado a Agência Paulista dos Agronegócios (APTA) e Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, realiza atividades de pesquisa, desenvolvimento, inovação, assistência tecnológica e difusão do conhecimento nas áreas de embalagem e de transformação, conservação e segurança de alimentos e bebidas. Atualmente concentra suas atividades nas seguintes áreas: tecnologia, ciência e qualidade de alimentos e embalagem. A área de tecnologia inclui unidades especializadas em produtos cárneos, cereais, chocolate, balas, confeitos, produtos de panificação, laticínios, frutas, hortaliças e engenharia de processos industriais. Já a área de ciência e qualidade abrange laboratórios de análises químicas, físicas, sensoriais e microbiológicas. A área de embalagem, por fim, possui setores especializados em materiais metálicos, vidro, plástico, celulósicos e de distribuição e transporte.

Os pesquisadores do Centro de Tecnologia de Carnes (CTC), em particular, desenvolvem pesquisas e prestam assistência técnica aos frigoríficos, às associações e ao poder público nas seguintes áreas: desenvolvimento de novas tecnologias e novos produtos, avaliação da segurança química e microbiológica de produtos de origem animal, avaliação do potencial antimicrobiano de novos ingredientes e avaliação da conformidade de produtos comercializados. 

2. Vaga - Informações Aprofundadas / Experiência Requerida

A pesquisa será vinculada ao tema proposto “Avaliação quantitativa de risco de Clostridium botulinum e Listeria monocytogenes em produtos cárneos curados”. O candidato deverá realizar estudos experimentais abordando aspectos moleculares e a biodiversidade da microbiota pertencente a produtos cárneos curados e cozidos comercializados no Brasil.

O candidato deve ter graduação em Ciências Biológicas ou áreas correlatas, mestrado e doutorado em Biologia Funcional ou Molecular ou áreas correlatas e experiência comprovada por meio de artigos publicados em revistas internacionais. É obrigatório possuir experiência em pesquisa nas áreas de Microbiologia, Genômica, Biologia Molecular ou áreas correlatas. 

O candidato deverá desenvolver um projeto relacionado ao tema proposto em colaboração com pesquisadores do CTC do ITAL e de investigadores de outras instituições do país e do exterior, auxiliar na orientação e co-orientação de alunos e auxiliar na redação e revisão de trabalhos científicos do grupo de pesquisa.

O candidato deve ter experiência na montagem e acompanhamento de experimentos de detecção e quantificação de microrganismos por técnicas tradicionais e métodos moleculares, inoculação de microrganismos patogênicos e deteriorantes em carnes e produtos cárneos, cálculo e expressão de resultados analíticos e conhecimentos práticos de biossegurança. Também é necessária experiência comprovada e domínio em técnicas de Biologia Molecular (extração de ácidos nucléicos, PCR, clonagem) com enfoque em análises de amplificação e expressão gênica (RT-q PCR, RNAseq) e em sequenciamento (preparo de bibliotecas de DNA e RNA para sequenciamento de alto desempenho, eletroforese capilar). Conhecimentos em ferramentas de bioinformática (bancos de dados biológicos, montagem e análise de genomas bacterianos) são obrigatórios. 

Serão valorizados os seguintes aspectos: experiência profissional nas áreas propostas do edital; conhecimentos na escrita e depósito de patentes; e vínculos com instituições de renome e laboratórios ativos com produtividade reconhecida.

Inglês fluente (comunicação e escrita) e capacidade de trabalhar em um time interdisciplinar são requisitos essenciais. Conhecimento de espanhol ou francês será considerado como um diferencial. 

3. Aplicação, documentos e datas:

3.1 Inscrição

Os documentos listados a seguir deverão ser enviados eletronicamente (em um único PDF) para a comissão avaliadora, para os e-mails eaip.ital@ital.sp.gov.br e renatab@ital.sp.gov.br, com o título “Jovem Pesquisador - Biologia Molecular aplicada à Microbiologia de Alimentos”: 

a) Súmula curricular no modelo da FAPESP (máximo de 4 páginas), conforme recomendações disponíveis em http://www.fapesp.br/5266.

b) Três cartas de recomendação.

c) Carta de motivação evidenciando sua aderência aos pré-requisitos exigidos (máximo de 200 palavras).

d) Proposta de pesquisa relevante para o tema proposto (máximo de 300 palavras).

Qualquer dúvida ou esclarecimento sobre o edital, entrar em contato através dos e-mails citados. 

A data limite para as inscrições é 20 de outubro de 2018. 

3.2 Processo de seleção

O currículo dos candidatos, com experiência comprovada nos tópicos descritos acima, e a proposta de pesquisa apresentada são elementos-chave no processo de seleção.

O candidato receberá um e-mail informando se foi pré-selecionado até 30/10/2018.

Dois candidatos pré-selecionados deverão submeter um projeto de pesquisa completo até 30/11/2018 para eaip.ital@ital.sp.gov.br e a decisão final será publicada em http://www.ital.sp.gov.br pela comissão avaliadora.

Voltar